skip to Main Content

Limpeza

Limpeza dental, porque ela é tão importante para você.

 

Nos dias atuais, dispor de algumas horas do nossos dia para uma consulta de revisão ao dentista pode ser quase impossível. E quando se fala de uma simples consulta odontológica para limpeza dos dentes, a agenda do dia-a-dia parece ficar ainda mais apertada.

A limpeza dental é uma consulta simples e que não toma mais do que uma hora do seu tempo. Além de remover tártaro e manchas superficiais, ela é essencial à prevenção e manutenção da saúde das gengivas, mucosas e recuperação estética da superfície dos seus dentes. Veja uma pequena lista sobre a importância da profilaxia odontológica de manutenção:

 

  •  remoção de manchas e recuperação do brilho dos dentes;
  •  remoção do tártaro e placa bacteriana acumulados internamente às gengivas;
  •  monitoramento da retração gengival e saúde das gengivas;
  • exame clínico para detecção de cárie dentário e infiltrações cariosas;
  • exame preventivo dos lábios, língua e mucosas de revestimento (bochechas);
  • adoção de novos hábitos de higienização de dentes e gengivas

Profilaxia diz bem mais sobre a limpeza dental.

Talvez você nunca tenha percebido, mas a maioria dos dentistas prefere o termo profilaxia à limpeza dental. E, na verdade, esta é mesmo a forma ideal para descrever um procedimento que tem como principal função a prevenção de doenças – especialmente as provocadas pelo acúmulo de placa bacteriana como a gengivite e a periodontite.

A gengivite e a periodontite, para facilitar, podem ser compreendidas como uma mesma doença, porém em estágios diferentes. A principal diferença é que na, periodontite, ocorre uma perda irreversível do osso que suporta as raízes dentárias. Além dos danos às gengivas e desconfortos como o sangramento gengival e inchaços frequentes, ambas podem ter consequências que vão muito além da cavidade oral.

Provas da influência sobre a saúde geral pela gengivite e periodontite podem ser vistas através das inúmeras pesquisas científicas que vêm mostrando a relação da infecção gengival causada pelas bactérias da placa bacteriana com a intensificação da diabetes, alteração na produção de serotonina (depressão), alteração no percurso normal da gestação (parto prematuro), infarto cardíaco e até mesmo a forma como a metástase de certos neoplasias ocorrem – dados mais do que suficientes para a consulta periódica para limpeza dental.

Periodicidade da limpeza dental não é exatamente de 6 em 6 meses.

De quanto em quanto tempo a limpeza dental é necessária? Para a maioria dos dentistas, as consultas de profilaxia dental intervaladas a cada 6 meses podem ser o suficiente para manter os dentes limpos e as gengivas saudáveis – mas nem sempre este intervalo é adequado a todo mundo.

A periodicidade da limpeza dental é diferente para cada indivíduo. Características pessoais como maior suscetibilidade a doenças gengivais, facilidade para acúmulo de placa bacteriana e tártaro e alimentação rica em corantes – como chimarrão ou cigarros – determinam intervalos diferentes entre as consultas de profilaxia dentária.

Se para alguns indivíduos a rechamada ao dentista, uma vez ao ano, é suficiente para manter as gengivas saudáveis e a superfície dental livre de manchas, para outros o intervalo entre as consultas pode ser de apenas 3 meses. Este pode ser o caso, por exemplo, dos pacientes periodontais – com perdas ósseas já significativas e suscetibilidade elevada para o aparecimento da doença – ou ainda os portadores de próteses dentárias fixas que trazem desafios à remoção adequada de placa bacteriana sob suas estruturas em porcelana.

Limpeza

Limpeza dental, porque ela é tão importante para você.

 

Nos dias atuais, dispor de algumas horas do nossos dia para uma consulta de revisão ao dentista pode ser quase impossível. E quando se fala de uma simples consulta odontológica para limpeza dos dentes, a agenda do dia-a-dia parece ficar ainda mais apertada.

A limpeza dental é uma consulta simples e que não toma mais do que uma hora do seu tempo. Além de remover tártaro e manchas superficiais, ela é essencial à prevenção e manutenção da saúde das gengivas, mucosas e recuperação estética da superfície dos seus dentes. Veja uma pequena lista sobre a importância da profilaxia odontológica de manutenção:

 

  •  remoção de manchas e recuperação do brilho dos dentes;
  •  remoção do tártaro e placa bacteriana acumulados internamente às gengivas;
  •  monitoramento da retração gengival e saúde das gengivas;
  • exame clínico para detecção de cárie dentário e infiltrações cariosas;
  • exame preventivo dos lábios, língua e mucosas de revestimento (bochechas);
  • adoção de novos hábitos de higienização de dentes e gengivas

Profilaxia diz bem mais sobre a limpeza dental.

Talvez você nunca tenha percebido, mas a maioria dos dentistas prefere o termo profilaxia à limpeza dental. E, na verdade, esta é mesmo a forma ideal para descrever um procedimento que tem como principal função a prevenção de doenças – especialmente as provocadas pelo acúmulo de placa bacteriana como a gengivite e a periodontite.

A gengivite e a periodontite, para facilitar, podem ser compreendidas como uma mesma doença, porém em estágios diferentes. A principal diferença é que na, periodontite, ocorre uma perda irreversível do osso que suporta as raízes dentárias. Além dos danos às gengivas e desconfortos como o sangramento gengival e inchaços frequentes, ambas podem ter consequências que vão muito além da cavidade oral.

Provas da influência sobre a saúde geral pela gengivite e periodontite podem ser vistas através das inúmeras pesquisas científicas que vêm mostrando a relação da infecção gengival causada pelas bactérias da placa bacteriana com a intensificação da diabetes, alteração na produção de serotonina (depressão), alteração no percurso normal da gestação (parto prematuro), infarto cardíaco e até mesmo a forma como a metástase de certos neoplasias ocorrem – dados mais do que suficientes para a consulta periódica para limpeza dental.

Periodicidade da limpeza dental não é exatamente de 6 em 6 meses.

De quanto em quanto tempo a limpeza dental é necessária? Para a maioria dos dentistas, as consultas de profilaxia dental intervaladas a cada 6 meses podem ser o suficiente para manter os dentes limpos e as gengivas saudáveis – mas nem sempre este intervalo é adequado a todo mundo.

A periodicidade da limpeza dental é diferente para cada indivíduo. Características pessoais como maior suscetibilidade a doenças gengivais, facilidade para acúmulo de placa bacteriana e tártaro e alimentação rica em corantes – como chimarrão ou cigarros – determinam intervalos diferentes entre as consultas de profilaxia dentária.

Se para alguns indivíduos a rechamada ao dentista, uma vez ao ano, é suficiente para manter as gengivas saudáveis e a superfície dental livre de manchas, para outros o intervalo entre as consultas pode ser de apenas 3 meses. Este pode ser o caso, por exemplo, dos pacientes periodontais – com perdas ósseas já significativas e suscetibilidade elevada para o aparecimento da doença – ou ainda os portadores de próteses dentárias fixas que trazem desafios à remoção adequada de placa bacteriana sob suas estruturas em porcelana.

Back To Top
× Atendimento WhatsApp